28/03/2022 às 20:37 Casamentos

Roteiro da cerimônia do casamento católico: conheça todas as etapas

7
8min de leitura

Roteiro da cerimônia do casamento católico: conheça todas as etapas

No catolicismo, além da sua importância para os casais, o Sacramento do Matrimônio é um momento emocionante para todos os envolvidos. Conheçam os ritos, a ordem de chegada e saída, e todo os detalhes do roteiro de casamento na Igreja Católica.

 Cada ato religioso tem algo único, seja no protocolo ou nas histórias diferentes que chegam até o altar. Na celebração pela Igreja Católica é possível seguir as suas formalidades obrigatórias para receber o Sacramento do Matrimônio, e ainda ter o casamento dos sonhos, com a essência de vocês. Isso significa que existe um roteiro de celebração do casamento católico para ser seguido, mas, dentro das tradições, é possível inserir detalhes que irão tornar única a sua cerimônia, como as músicas escolhidas e os votos matrimoniais que irão declamar. Cada momento desse ritual tem um simbolismo particular, e aqui vamos explicar, com detalhes, todas as etapas do roteiro da cerimônia de casamento na Igreja Católica.


Cortejo de entrada na igreja ou capela 

O ponto de partida do roteiro da cerimônia de casamento católico é a entrada do padre que celebrará o matrimônio. Depois que ele estiver no altar, o cortejo irá ter início, e é fundamental saber a ordem de entrada no casamento católico. É possível que ocorram algumas variações, seja por preferência do casal ou da própria paróquia, mas, no geral, estas são as opções para a ordem de entrada na celebração do casamento católico.

  • 1º - Mãe do noivo e noivo
  • 2º - Mãe da noiva e pai do noivo
  • 3º - Padrinhos e madrinhas (casais intercalados, sendo um da parte do noivo e o outro da parte da noiva)
  • 4º - Floristas
  • 5º - Pai da noiva e noiva
  • 6º - Damas e/ou pajem (na hora da troca das alianças)

Ou

  • 1º - Mãe da noiva e pai do noivo
  • 2º - Padrinhos e madrinhas (casais intercalados, sendo um da parte do noivo e o outro da parte da noiva)
  • 3º - Mãe do noivo e noivo
  • 4º - Floristas
  • 5º - Pai da noiva e noiva
  • 6º - Damas e/ou pajem (na hora da troca das alianças)

Ou

  • 1º - Padrinhos e madrinhas (casais intercalados, sendo um da parte do noivo e o outro da parte da noiva)
  • 2º - Mãe da noiva e pai do noivo
  • 3º - Mãe do noivo e noivo
  • 4º - Floristas
  • 5º - Pai da noiva e noiva
  • 6º - Damas e/ou pajem (na hora da troca das alianças)

Se vocês escolheram casais como padrinhos e madrinhas formados por um homem e uma mulher – casados ou não – tenham em mente que as mulheres entram pelo lado esquerdo dos homens. Todas as mulheres também deverão estar de mãos dadas ou braço dado com os homens. A noiva é a única mulher a entrar na igreja pelo lado direito, quando estiver acompanhada por um homem (pai, padrasto, irmão, tio ou alguém próximo). Ela pode estar sozinha, se preferir. O noivo também pode entrar sozinho, na falta da sua mãe, ou por preferência.

Outra forma, que está se tornando mais comum, é de não formar pares de padrinhos e madrinhas. Isso quer dizer que as madrinhas vão entrar uma após a outra, em fila, e depois os padrinhos entram sozinhos também, um seguido do outro. Vocês podem ainda intercalar uma madrinha e um padrinho, sucessivamente.

 

UTTERFLY CERIMONIAL E EVENTOS

Configuração do altar na cerimônia católica

O lado direito é reservado ao noivo. Isto é, padrinhos e madrinhas, pais e familiares. Quando o noivo chega ao altar, ele se posiciona no lado direito de frente aos bancos para recepcionar os demais no cortejo e aguardar a noiva. A mãe ou acompanhante, se houver, fica uns passinhos atrás dele, até o cortejo terminar. Já o lado esquerdo é da noiva, com os seus padrinhos e madrinhas, pais e entes queridos. A mãe da noiva e o pai do noivo, se for o caso, ficarão no lado esquerdo até a entrada da noiva.

Depois que a noiva chegar de braços dados com o pai (ou com a pessoa que ela escolher para acompanhá-la), eles ficarão de frente para o altar, para que ocorra o tão esperado encontro do casal. O acompanhante da noiva que, geralmente, é o pai dela, vai para o lado esquerdo, ficar com a mãe dela, enquanto o pai do noivo passa para o lado direito.

Os padrinhos e madrinhas ocupam as primeiras fileiras de bancos da igreja. Os pais de ambos podem ficar tanto nos bancos, caso a igreja seja pequena, ou em cadeiras posicionadas no altar, se o local tiver um espaço que permita essa configuração. 

 FABY´S ASSESSORIA EM EVENTOS

Ordem dos rituais da cerimônia católica

A Igreja Católica possui dá enorme importância ao Sacramento do Matrimônio, e preza pela tradição do roteiro da celebração do casamento católico tal como manda o protocolo. É uma das cerimônias mais conhecidas e, por isso, segue um roteiro com rituais estabelecidos e reproduzidos pelos casais católicos de todo o mundo. 

  • Quando a noiva chega próximo ao altar, o noivo vai até ela. O até então acompanhante da noiva (geralmente, é o pai) sai e vai para o lado esquerdo. O casal se cumprimenta e se aproxima do altar.
  • O padre faz uma saudação inicial, pronunciando a data e o motivo da reunião de todos ali. Ele também anuncia os nomes do casal.
  • Em seguida, o celebrante promove a acolhida do casal e dá início ao ritual do casamento com o ‘sinal da cruz’ e uma oração.
  • Algum convidado ou padrinho/madrinha faz a primeira leitura.
  • Os salmos para casamento católico são importantes, e fazem parte de uma etapa da cerimônia. Neste momento, um salmo é cantado. Chamado de Responsorial, o salmo escolhido tem ligação com a primeira leitura e favorece a meditação do que foi lido e ouvido, além de ser um momento para que todos possam refletir sobre o sacramento do matrimônio.
  • Todos de pé para aclamar o Santo Evangelho. O padre faz a leitura do Evangelho.
  • Durante a homilia, quando o padre já conhece o casal, ele pode fazer um discurso mais pessoal e personalizado.
  • Depois o padre se aproxima do casal e, entre outras palavras, fala que “Cristo abençoa o amor conjugal”.  
  • O celebrante faz perguntas diretas para que o casal confirme e expresse a livre e a espontânea vontade de se casar, a promessa de fidelidade e a disposição de ter filhos. Os pais dos dois ficam de pé nesta hora.

Aqui serão incluídas algumas palavras sobre as suas disposições de fidelidade, de aceitação e educação dos filhos. É chegada a hora em que os noivos expressam o consentimento: “...prometo ser-te fiel, amar-te e respeitar-te, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, todos os dias da nossa vida.”

  • O casal une as mãos, um de frente ao outro, para fazer os famosos votos de amor eterno, seguindo orientação do padre.
  • O padre faz a benção confirmando o compromisso de ambos e diz a frase “O que Deus uniu, o homem não separa”, o que representa o enlace do casal.
  • Entrada das alianças. O pajem ou dama de honra entrega o par de joias ao padre.
  • O casal realiza a troca de alianças.
  • Momento de oração lida, geralmente, por um leitor que frequenta a igreja. Ao final de cada frase, todos respondem.
  • O casal se ajoelha em frente ao padre para receber outra bênção em cada um.
  • Todos rezam a oração do Pai Nosso.
  • O padre cumprimenta os pais do casal e profere algumas palavras. É feita a oração da Ave Maria.
  • Bênção final.
  • O termo matrimonial é assinado pelo casal e pelos padrinhos. No casamento religioso, vocês precisam de duas testemunhas. Já no casamento religioso com efeito civil, é necessária a assinatura de quatro pessoas.
  • O casal pode cumprimentar seus pais e fazer a foto da família no altar.
  • O beijo dos recém-casados.

O padre autoriza o beijo, e anuncia que, a partir deste, momento estão oficialmente casados e declara o casal como marido e mulher. “O noivo pode beijar a noiva e selar o pacto realizado pelos noivos”.

Missa de casamento: ritual específico

A celebração universal da Igreja Católica é a missa. Nela, os fiéis recebem a bênção, fazem as preces, recebem a Eucaristia, fazem o ofertório e cantam músicas católicas de acordo com cada etapa do rito. O momento é muito importante para ressaltar a comunhão entre os católicos e Deus. Porém, os casais têm a livre escolha de um casamento com missa ou sem missa.

Nós já explicamos o roteiro de um casamento católico sem missa, em detalhes, no tópico anterior. A diferença da celebração com missa é a possibilidade de uma segunda leitura e a Comunhão para todos os presentes. Com isso, o tempo de duração é maior, cerca de uma hora e meia no total. 

Há o cortejo de entrada, a saudação e a acolhida do padre, a liturgia da palavra com a primeira leitura e o salmo responsorial. Em seguida, é realizada uma segunda leitura feita também por um convidado ou padrinho/madrinha. O rito matrimonial segue conforme manda a tradição até a troca das alianças. Depois, é a hora da Comunhão de todos que desejarem comungar por meio da hóstia. O padre retoma com a bênção final, os cumprimentos e a assinatura do termo.

 


Momentos acompanhados por músicas

Saber a ordem dos rituais, compreendendo cada etapa, é necessário para auxiliar os casais na escolha das músicas católicas para casamento. Esse é um dos itens que podem ser adaptados ao gosto e à personalidade de vocês. Lembrem-se de que a Igreja Católica não permite qualquer canção, aqui vale o bom senso para selecionarem músicas religiosas ou não, mas que retratem, de forma respeitosa, os sentimentos de amor e união que a cerimônia invoca.

Escolham músicas para:

  • Música que antecede o início da cerimônia, para recepcionar os convidados, mas não é obrigatória;
  • Música para a entrada dos padrinhos e madrinhas;
  • Música para a entrada da mãe da noiva com o pai do noivo;
  • Música para a entrada do noivo (com sua mãe);
  • Música para a entrada da(s) florista(s);
  • Música para a entrada da noiva. O clássico é a Marcha Nupcial que, atualmente, pode ser combinada com outra música, se desejar;
  • Música para a entrada das alianças;
  • Música para a Comunhão Eucaristíca (se for um casamento católico com missa);
  • Música para a hora da assinatura do termo matrimonial;
  • Música para a saída

Depois de eleitas, verifiquem com o responsável da paróquia se a seleção pode ser permitida (ou se existe alguma música que não está de acordo), e deixem tudo acertado com o cerimonial também. Além, é claro, de enviarem a lista para a banda ou para o coral que irá participar da celebração.


Cortejo de saída da igreja ou capela 

Depois do encerramento da cerimônia, na hora da saída da igreja, há dois exemplos de organização para o cortejo, que são as mais comuns.

  • 1º - Os pais do noivo
  • 2º - Os pais da noiva
  • 3º - Os padrinhos e as madrinhas do noivo
  • 4º - Os padrinhos e as madrinhas da noiva
  • 5º - Florista, dama de honra e pajem
  • 6º - O casal

Ou

  • 1º - O casal
  • 2º - Florista, dama de honra e pajem
  • 3º - Os pais da noiva
  • 4º - Os pais do noivo
  • 5º - Os padrinhos e as madrinhas

 

Conhecer os protocolos do casamento na Igreja Católica é fundamental para que os casais saibam aqueles que serão incluídos na cerimônia e aqueles que podem adaptar. Os rituais são atos simbólicos; eles envolvem um conjunto de práticas consagradas pelas tradições e costumes religiosos. Abençoar a relação de acordo com as crenças do casal mostra a importância desse sacramento para a nova família que se forma, evidenciando os votos e promessas de amor por livre e espontânea vontade.

28 Mar 2022

Roteiro da cerimônia do casamento católico: conheça todas as etapas

Comentar
Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Copiar URL

Tags

catolica cerimonia dicas de casamento igreja igreja católica

Quem viu também curtiu

29 de Set de 2017

20 Dicas para o grande dia, o seu CASAMENTO!

08 de Dez de 2016

Cuidados para não errar na escolha dos profissionais

18 de Ago de 2020

{Dicas Úteis} Vou casar na Igreja. O que eu preciso saber?

Olá, em que podemos ajudar? Sinta-se a vontade em me chamar no Whats.
Logo do Whatsapp